About Us

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit.

Aenean vulputate nisl arcu, non consequat risus vulputate sed. Nulla eu sapien condimentum nisi aliquet sodales non et diam. Duis blandit nunc semper rutrum congue. Phasellus sed lacus ut odio vehicula varius. Etiam iaculis feugiat tortor ac ornare.

Stay connected

Blog Post

Quais as expectativas para o mercado de trabalho 2019? Saiba aqui!
Seleção de Executivos, Transição de Carreira

Quais as expectativas para o mercado de trabalho 2019? Saiba aqui! 

O mercado atual exige dos profissionais uma atitude cada vez mais proativa. Se considerarmos a realidade na qual estamos inseridos, podemos ver que, hoje, as exigências não estão pautadas apenas nas competências técnicas, mas também interpessoais. No entanto, as expectativas para o mercado de trabalho 2019 vão além. 

Neste artigo, você conhecerá algumas das principais apostas para este ano, o estado atual do mercado e os segmentos de maior destaque. Confira!

O contexto do mercado de trabalho 2019

As incertezas políticas e a econômicas fizeram com que o mercado em 2018 não crescesse tanto quanto poderia. Diante de um novo governo e da euforia dos setores econômicos, o ano já começou marcado pelo otimismo referente aos novos investimentos e pela desburocratização de alguns setores, motivada por questões como a reforma trabalhista.

Com isso, as empresas têm retomado investimentos e começam a realizar mais processos seletivos. No entanto, elas também estão mais exigentes, pois querem os melhores talentos. 

O otimismo do mercado

As perspectivas para 2019 são positivas. Mesmo que o crescimento ocorra aos poucos, os dados revelam uma reação do mercado!

Aumento dos postos de trabalho

A taxa de desemprego, por exemplo, caiu. Em outubro de 2018, ela estava em 11,7%, segundo dados do IBGE. Além disso, no ano anterior, foram criados mais de 529 mil postos de trabalho, de acordo com o Cadastro Geral de Empregos e Desempregos (Caged). O número foi o maior dos três anos anteriores e o melhor dos últimos cinco anos. Além disso, o PIB teve aumento de 1,15% em 2018, algo favorável para a expansão comercial.

Confiança do consumidor 

Quando um consumidor está satisfeito — ou mesmo otimista em relação ao futuro —, ele tende a gastar mais. Portanto, a confiança do consumidor é um aspecto determinante para induzir o crescimento econômico.

 O Índice de Confiança do Consumidor (ICC) medido pela Fundação Getúlio Vargas atingiu 96,6 pontos, o maior valor desde fevereiro de 2014. Isso gera mais investimento na indústria e, consequentemente, maior abertura de postos de trabalho.

Investimento na indústria 

As perspectivas quanto ao mercado de trabalho também melhoram conforme os investimentos na indústria. De acordo com o Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP), entre 2018 e 2021 espera-se que  o investimento industrial atinja a marca de R$ 539 bilhões. 

O avanço nos investimentos representa um impacto na contratação de mão de obra especializada e abre espaço para profissionais qualificados atuarem no segmento. 

Os maiores setores responsáveis pelo crescimento

Algumas áreas se destacam nesse crescimento. Entre elas, podemos destacar os seguintes segmentos:

  • farmacêutico;
  • alimentício;
  • agronegócio;
  • metalúrgico;
  • autopeças;
  • comércio varejista;
  • serviços. 

Sobre esse último setor, temos visto uma demanda constante e ascendente por serviços mais personalizados, bem como a modernização deles. Isso faz com que as empresas de tecnologias, como as startups, sejam as que mais crescem em termos de abertura de cargos.

Independentemente do setor, os profissionais devem estar atentos à mudança no formato de fazer negócios, que tem avançado no quesito tecnologia (como a inteligência artificial) e procura estar cada vez mais próximo da realidade do consumidor.

O fato é que o mercado de trabalho 2019 se mostra mais otimista do que nos anos anteriores, mas, para aproveitar as oportunidades, tanto os recrutadores quanto os colaboradores precisam estar atentos às novas demandas e mudanças que vêm ocorrendo nas organizações, a fim de se adaptarem.

E então, gostou do nosso artigo? Não deixe de assinar a newsletter. Você receberá conteúdos como este diretamente no seu e-mail!

Related posts

Deixe uma resposta

Required fields are marked *