About Us

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit.

Aenean vulputate nisl arcu, non consequat risus vulputate sed. Nulla eu sapien condimentum nisi aliquet sodales non et diam. Duis blandit nunc semper rutrum congue. Phasellus sed lacus ut odio vehicula varius. Etiam iaculis feugiat tortor ac ornare.

Stay connected

Blog Post

O mercado de trabalho e as novas modalidades de contratação
Sem Categoria

O mercado de trabalho e as novas modalidades de contratação 

Planejar uma carreira, buscar uma recolocação profissional ou definir as políticas para a gestão de pessoas de uma empresa são desafios antigos. Mas o que os tempos atuais e o “novo normal” nos indicam sobre novas modalidades de contratação?

O primeiro fator de influência é, sem dúvida, a transformação digital que vem determinando novos modelos de negócios, novos padrões de consumo e de comportamento. Com isso, não apenas novas profissões, mas também novas categorias de contratações passam a figurar entre as alternativas organizacionais e oportunidades de trabalho. O segundo elemento é certamente a recente reforma trabalhista, que por meio da Lei 13.647/2017 modificou a CLT e flexibilizou diversas regras.

Conheça algumas das principais modalidades de contratação no mercado de hoje

Com dissemos, as mudanças legislativas abriram caminho para novas formas de relações de trabalho. Conhecer cada uma delas é importante para que o profissional avalie a que melhor atende suas expectativas no contexto de seu propósito de carreira:

  1. Contrato de Trabalho Intermitente: permite que a prestação de serviços não seja contínua, ocorrendo com alternância de períodos de atividade e de inatividade. Também prevê a não exclusividade, possibilitando que o trabalhador preste simultaneamente serviços a outros empregadores.
  2. Pessoa Jurídica (PJ): modalidade sem vínculo empregatício na qual o profissional precisa ter um CNPJ para emissão de nota fiscal de prestação de serviços. Nesta relação se estabelece um contrato comercial com todas as obrigações e direitos de cada parte.
  3. Representação comercial: a representação comercial pode ser feita por uma pessoa ou empresa, sem relação de emprego, e que periodicamente realizam negócios (vendas).
  4. Contrato de Parceria: prevê que duas ou mais pessoas executem um empreendimento em conjunto, visando obter lucros ou aumentar engajamento ao público.
  5. Contrato de Terceirização: o profissional presta serviços como consultoria a uma terceira empresa, sem vínculo empregatício com a contratante do serviço. Neste modelo a empresa prestadora fica encarregada de executar os serviços e a contratante de delegar as atividades.

Trabalho remoto – tendência ou realidade?

Se há algum legado que pode ser visto como positivo da pandemia da Covid-19 é a experiência do trabalho remoto. Ficou comprovado que ele se aplica a diversas atividades empresariais e há imensos benefícios para a gestão de custos da empresa, redução de mobilidade urbana e qualidade de vida para os colaboradores. De acordo com uma pesquisa da FGV, o home office deve crescer 30% após a crise.

O profissional que passou por esta experiência na pandemia certamente percebeu a importância da autonomia, da organização, do foco e da comunicação como diferenciais para sua produtividade. Assim, evidenciou-se a importância do aprendizado e desenvolvimento contínuo de competências comportamentais, afinal mudanças acontecem o tempo todo e é preciso acompanhá-las.

O RH das empresas e as novas modalidades de contratação

Estes novos modelos de contratação jogam luz para a importância de uma boa gestão de pessoas nas organizações. Além de contar com regras jurídicas em total conformidade, a gestão estratégica dos recursos humanos nestas novas modalidades requer um foco genuíno em desenvolver pessoas.

Isto pode ser resumido em frentes de planejamento de RH que envolvam o uso de ferramentas tecnológicas para seleção, capacitação e retenção de talentos e um plano de desenvolvimento humano que priorize a cultura organizacional, seus valores e metas empresariais.

Mudanças tecnológicas e legislativas requer ajustes no planejamento de carreiras

Todas as transformações no mercado de trabalho também impactam o planejamento das trajetórias profissionais. Aspectos de décadas atrás, como a estabilidade empregatícia, já não tem o mesmo peso atualmente. Desta forma, é fundamental que o planejamento de carreira, através do desenvolvimento de novas habilidades, acompanhe este processo evolutivo.

É possível perceber que a maioria das competências que fazem a diferença no mercado de trabalho atual estão ligadas à agilidade nas tomadas de decisões, como flexibilidade e aprendizado rápido. Isso tudo movido pelo ritmo acelerado das novas tecnologias.

Mas vale reforçar que habilidades emocionais como empatia e sensibilidade compõem o perfil ideal de profissionais capazes de acompanhar todas estas mudanças presentes e previstas para o mercado de trabalho.

Related posts

Deixe uma resposta

Required fields are marked *