About Us

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit.

Aenean vulputate nisl arcu, non consequat risus vulputate sed. Nulla eu sapien condimentum nisi aliquet sodales non et diam. Duis blandit nunc semper rutrum congue. Phasellus sed lacus ut odio vehicula varius. Etiam iaculis feugiat tortor ac ornare.

Stay connected

Blog Post

Gestão de conflitos: habilidades que fazem a diferença para empresas e profissionais de sucesso
Desenvolvimento

Gestão de conflitos: habilidades que fazem a diferença para empresas e profissionais de sucesso 

Você já percebeu que muitas vezes justificamos o desconforto de falar de um assunto difícil atribuindo ao outro a raiz do problema? À primeira vista, ouvirmos que tudo está polarizado, que fulano é que não muda de opinião. Mas e as nossas atitudes diante das divergências, será que sabemos conduzir bem?

Provavelmente as questões políticas dos últimos anos tenham aguçado esta percepção, mas o fato é que lidar com as divergências nunca foi fácil. Como isso nos afeta também profissionalmente precisamos atentar para melhorar nossas atitudes. Afinal de contas, no trabalho lidamos com a convivência e os conflitos são resultados de opiniões e visões humanas distintas.

Conflitos têm lado positivos quando bem geridos

Na maioria das vezes pensamos na existência do conflito no ambiente de trabalho de forma negativa. Mas a divergência pode ser construtiva se for conduzida pelo olhar da gestão da diversidade de ideias. O viés negativo pode ter origem nos valores e comportamentos que vinham sendo cultivados ao longo de nossa história produtiva. Enquanto apenas as hard skills e a competitividade predatória eram estimuladas, as habilidades comportamentais como empatia e diálogo eram minimizadas.

Mas hoje o cenário é outro, pois as soft skills já demonstraram ser diferenciais competitivos reais, capazes de nos preparar para a diferença de ideias e valores. No entanto, como tudo nas relações de trabalho funciona como um processo, a gestão de conflitos precisa ser planejada e apreendida por todos.

Como identificar a ocorrência de conflitos na empresa

Não se deve pensar no conflito apenas como uma situação extrema. Ao contrário, como ele está presente na divergência de opiniões e nas pequenas atitudes é preciso cuidá-lo diariamente.

Portanto, é normal que as equipes discordem na condução de um projeto, na definição de prioridades ou na solução mais viável. No entanto, se a divergência atingir pontos de disputa ou atitudes contraproducentes para os resultados corporativos é hora de intervir com a gestão de conflitos.

O que é e como atua a gestão de conflitos

A gestão de conflitos tem o papel de atuar nos impasses, cuidando assim para que os relacionamentos e a produtividade institucional não sejam afetados.

Trata-se, então, de uma série de métodos que gerenciam situações conflituosas com o objetivo de tornar o que era empecilho em usina de soluções. Isso porque, se mediados da forma correta, os conflitos são na verdade oportunidades de aprendizado organizacional e desenvolvimento humano.

De forma geral, a gestão de conflitos para ser eficiente precisa olhar para a situação problema em etapas para sua resolução:

Checagem diagnóstica: comece apurando os fatos conflituosos, questionando a origem e praticando a escuta empática com cada um dos envolvidos. Ou seja, não é apenas o problema que deve ser o foco, mas as motivações da equipe e lideranças. Ainda nesta etapa, a partir de tudo que foi coletado, identifique as chaves do conflito para definir as melhores soluções.

Negociação: agora a etapa é de mediação, conversando em conjunto com os envolvidos para que possam esclarecer suas visões.

Resolução: como consequência da mediação, o gestor de conflitos deve estimular que em conjunto elaborem as soluções possíveis. Se houver necessidade de concessões, assegure que todos estejam cientes e comprometidos com a mudança.

Execução e monitoramento: com a solução alinhada é preciso iniciar sua execução. Mas o acompanhamento do mediador deve ser constante.

Atitudes que fazem a diferença na gestão de conflitos

Líderes e liderados podem colaborar para prevenir e resolver conflitos. Primeiramente é importante saber que não apenas a empresa ganha com profissionais colaborativos, mas individualmente também. Isso acontece porque o clima organizacional favorável é motivador e isso faz toda diferença para nossa carreira e saúde mental. Veja duas das habilidades mais importantes:

Saber comunicar: busque expressar bem o seu ponto de vista. Escolha seus argumentos, priorize uma linguagem e posturas assertivas e equilibradas. Ou seja, objetividade no conteúdo e empatia na forma de comunicar.

Saber ouvir: por mais que suas razões lhe pareçam fortes e suficientes, não permita que isso cale outras vozes. Saber ouvir muitas vezes precede grandes aprendizados.

Desenvolvimento

Gestão de conflitos: habilidades que fazem a diferença para empresas e profissionais de sucesso

Related posts

Deixe uma resposta

Required fields are marked *