About Us

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit.

Aenean vulputate nisl arcu, non consequat risus vulputate sed. Nulla eu sapien condimentum nisi aliquet sodales non et diam. Duis blandit nunc semper rutrum congue. Phasellus sed lacus ut odio vehicula varius. Etiam iaculis feugiat tortor ac ornare.

Stay connected

Blog Post

Equipes de alta performance e valores compartilhados – qual a relação?
Desenvolvimento

Equipes de alta performance e valores compartilhados – qual a relação? 

Numa partida de futebol é comum olharmos muito para o craque do time. Evidentemente que aquele atleta que “resolve sozinho” uma jogada e marca o gol da vitória ganha notoriedade.

Sabemos que o gol é a meta da partida, mas será que este craque fez mesmo tudo sozinho? Será que o torcedor deu o merecido valor para o outro jogador que foi preciso no passe da bola? Ou ainda observou os atletas que construíram bem o meio de campo e planejaram a jogada inicial?

Pois é, esta analogia esportista bem simples serve para analisarmos as equipes de alta performance e seus valores compartilhados. Afinal, não basta termos desempenhos individuais incríveis, temos um campeonato inteiro a ser jogado e pra isso é preciso montar um time eficiente.  

Equipes de alta performance – um desafio

No ambiente organizacional, um dos grandes desafios dos líderes é construir e manter equipes de alto desempenho. A dificuldade pode ser ainda maior quando temos profissionais excelentes individualmente, mas juntos não performam como o esperado.

Neste impasse entra um componente muito importante que é a busca por uma sinergia e valores compartilhados. Comece diagnosticando as razões para a falta de sinergia. Assim, evitamos esforços divergentes que costumeiramente resultam em resultados ruins.  Para tanto, o primeiro passo é identificar as causas das divergências. As principais costumam ser:

  • Motivações pessoais acima das coletivas
  • Desconhecimento ou não entendimento dos objetivos corporativos
  • Falta de compreensão sobre o papel de cada um na equipe;
  • Inflexibilidade ou dificuldade de lidar com inovações e mudanças
  • Falta de habilidade na liderança

A importância dos valores compartilhados

Elucidados os focos de divergência que sabotam o desempenho conjunto, é hora de transformar os valores corporativos em metas tangíveis. Estamos falando de valores compartilhados que é o entendimento conjunto de tudo que é realmente importante para a empresa.

Para entender melhor, imagine uma empresa que prioriza ter em seu portfólio produtos e serviços sempre inovadores e lançamentos ágeis. Inevitavelmente, estamos falando de uma empresa que requer equipes criativas e aptas a mudanças rápidas. Já outra empresa valoriza a segurança e a precisão de suas entregas. Neste exemplo, equipes focadas e assertivas tendem a ter melhor desempenho. Ou seja, se este fit entre cultura e perfil profissional não for observado e desenvolvido temos exemplos de não compartilhamento de valores.

Assim, quando se assimila os valores estratégicos para uma empresa ou uma marca elevamos nossa capacidade de desempenho individual e em conjunto. Portanto, é preciso traduzir atributos corporativos em comportamentos e atitudes esperadas.

A partir daí é trabalhar para que estes valores sejam efetivamente ensinados, incorporados e compartilhados entre as equipes. Algumas linhas possíveis para empresas e líderes fazerem isso acontecer estão pautadas em:

Confiança: estimule através de exemplos e comportamentos autênticos que a sua equipe pode confiar uns nos outros. Para tanto, é preciso que percebam um ambiente seguro, em que suas opiniões são valorizadas e que haverá apoio do líder e dos pares mesmo na ocorrência do erro.

Propósito: nenhum líder deve temer uma equipe questionadora. Pelo contrário, a pergunta “Por que estamos fazendo isso?” deve ser incentivada e respondida sempre para que os objetivos sejam assimilados por todos.

Motivação e engajamento: a tão sonhada fluidez e sinergia de uma equipe depende de uma comunicação constante e transparente.

Reconhecimento e mérito: por fim, um dos grandes valores compartilhados está no reconhecimento e no mérito. O estímulo psicólogo ao ver seu esforço reconhecido é capaz de autoalimentar um ciclo colaborativo fundamental para a alta performance.

Related posts

Deixe uma resposta

Required fields are marked *