About Us

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit.

Aenean vulputate nisl arcu, non consequat risus vulputate sed. Nulla eu sapien condimentum nisi aliquet sodales non et diam. Duis blandit nunc semper rutrum congue. Phasellus sed lacus ut odio vehicula varius. Etiam iaculis feugiat tortor ac ornare.

Stay connected

Blog Post

Como escolher uma empresa de treinamento e desenvolvimento de pessoas?
Desenvolvimento

Como escolher uma empresa de treinamento e desenvolvimento de pessoas? 

Encontrar uma solução personalizada, de qualidade e confiança para resolver os problemas do RH de uma organização não é uma tarefa das mais simples. É preciso avaliar vários detalhes antes de contratar uma empresa especializada em treinamento e desenvolvimento de pessoas.

Os processos que lidam com os seres humanos devem ser estratégicos e dotados de mecanismos que encarem com maestria a complexidade dos indivíduos.

O primeiro passo para acertar nessa tomada de decisão é conhecer quais são as reais necessidades do negócio. Desse modo, a convocação de uma consultoria será melhor direcionada.

Após realizar esse diagnóstico, é hora de analisar as empresas de RH e escolher a que ofereça os melhores resultados. Para tanto, separamos neste artigo alguns pré-requisitos para a avaliação. Acompanhe!

O que observar ao contratar uma empresa que oferece treinamento e desenvolvimento de pessoas?

Treinamentos devem ser vistos como investimentos e não como gastos que podem ser substituídos por ações pequenas e pontuais ao longo do tempo.

É uma forma lógica de pensar: ou a empresa investe em preparação da equipe ou arca com as consequências de ter um time sem capacitação.

Tal preparação é de extrema importância não só para aprimorar as técnicas dos colaboradores, mantendo a qualidade dos serviços oferecidos, mas também para melhorar os relacionamentos internos.

Por isso, a empresa responsável pelo treinamento precisa ser escolhida com cautela. Veja o que observar:

1. Know-how

Esta é uma palavra originada do inglês que tem sido cada vez mais utilizada no mundo dos negócios. A tradução literal do termo é “saber como”. Porém, seu conceito guarda a noção de conhecimento especializado, adquirido pela experiência e pela formação em determinado campo do saber.

Portanto, para optar por uma empresa de treinamentos, é preciso, primeiramente, reconhecer qual tipo de capacitação a sua corporação necessita. Existem dois tipos: o treinamento de competências técnicas e o treinamento de competências comportamentais.

Dessa forma, busque contratar aquela consultoria que comprove ter o know-how necessário para atender às demandas da sua equipe. Esse fator é um diferencial que poderá trazer os resultados desejados.

2. Possibilidades de personalização

Toda empresa tem a sua cultura — ainda que não seja bem definida — e cada equipe tem as suas particularidades. É muito pouco provável que um treinamento genérico, que aborde os assuntos sem flexibilidade e sem um devido estudo da organização, obtenha sucesso.

O aprendizado efetivo depende da personalização dos conteúdos ministrados. Assim, os participantes podem fazer a conexão entre o que é ensinado e as práticas do dia a dia dentro dos seus setores.

Personalizar a capacitação significa, muitas vezes, realizar um plano de ação e alterar o mindset de um grupo. Caso a consultoria contratada não tenha a percepção e a expertise necessárias, pouco ou nada será transformado após o treinamento.

3. Metodologia utilizada

Internalizar o conhecimento adquirido não é algo que ocorre sem esforço para a maioria dos profissionais que estudam. A maneira como os conteúdos são absorvidos varia de pessoa para pessoa. No entanto, há métodos que comprovadamente facilitam esse processo.

Dar um bom treinamento implica não só em ter profissionais especialistas à frente da turma. O instrutor deve saber como envolver os alunos e promover o aprendizado de diferentes formas. Afinal, cada indivíduo retém o que lhe é passado de modo diferente dos outros.

Nesse cenário, a empresa de treinamento e desenvolvimento de pessoas deve buscar a maior variedade possível de canais além das aulas teóricas. Entre eles podem estar as leituras, as videoaulas, as discussões, as práticas em grupo etc.

4. Jornada de aprendizado

Mesmo com o uso de metodologias avançadas, aprender é um processo e não um evento. Ainda que se aplique a técnica mais moderna que existe, não é possível garantir a retenção do conhecimento com o passar dos dias.

Dessa maneira, para garantir o máximo de eficácia em um treinamento, se faz necessária uma jornada de aprendizado, ou seja, um acompanhamento que aborde o antes, o durante e o depois das aulas.

Esse é um componente sólido, feito para melhorar a qualidade do ensino e a sua absorção.

No pré-treinamento, é possível verificar as falhas do time, levando-o a uma reflexão sobre suas práticas inadequadas e preparando-o para a sessão na sala de aula propriamente dita.

Posteriormente, no pós-treinamento, há um acompanhamento dos alunos, onde é oferecido todo um suporte que reforce os conteúdos e facilite a sua permanência na memória de longo prazo.

5. Formas de suporte e avaliação

Não basta oferecer um treinamento, é preciso acompanhar os resultados e avaliar suas reais contribuições na melhoria (ou não) do cotidiano da equipe.

Os melhores provedores de capacitação são enfáticos nesse quesito: a avaliação do progresso é fundamental.

Isso se dá porque eles entendem o valor dessa premissa e sabem que é dessa análise que se terá a mensuração da qualidade do seu trabalho. O impacto gerado nas várias áreas da empresa determina o sucesso da operação.

Portanto, pesquise a empresa que deseja contratar e verifique se há métodos para avaliar a satisfação dos participantes com o treinamento, o nível de aprendizagem obtido, as mudanças comportamentais após as intervenções e os resultados de uma forma geral.

6. Referências

O mercado de empresas que oferecem treinamentos é bem amplo e cresce mais a cada dia. Isso torna a escolha um pouco mais difícil. Afinal, a concorrência é grande. Contudo, para não correr o risco de errar ao tomar essa decisão, toda ajuda é válida.

Pessoas experientes não fecham negócios sem antes fazer uma ampla pesquisa, sem buscar referências e sem tirar todas as dúvidas existentes. E não há motivo para ser diferente quando o assunto é aprimorar os conhecimentos da sua equipe e melhorar os processos internos da organização.

Por isso, ao pensar em educação corporativa, não abra mão dessa poderosa ferramenta que é a comunicação. Seja por meio das mídias sociais, dos fóruns de discussão, dos comentários de antigos clientes das empresas de treinamento etc., busque obter o máximo de informações possível.

Muitas empresas buscam alternativas que possam se tornar legítimas e fórmulas mágicas para oferecer capacitação aos seus colaboradores. Porém, infelizmente, a maioria delas não demora a perceber que tal solução não existe.

Por vezes, elas desacreditam no ditado que diz que “santo de casa não faz milagre” e sobrecarregam os profissionais do seu Departamento Pessoal ou do RH. Promovem treinamentos incompletos e perdem tempo e dinheiro com tais ações.

Entretanto, no contexto organizacional, contar com uma empresa de treinamento e desenvolvimento de pessoas, que tenha profissionais experientes e qualificados, assim como a oferta de soluções de capacitações adequadas às necessidades do negócio é de extrema importância.

Essa é uma decisão que pode tanto alavancar a carreira dos profissionais envolvidos quanto mudar positivamente a imagem da organização.

Este post foi útil para você? Então entre em contato com a nossa empresa e saiba como podemos ajudá-lo a ter uma equipe de alta performance e um negócio de destaque no mercado!

Related posts

Deixe uma resposta

Required fields are marked *