About Us

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit.

Aenean vulputate nisl arcu, non consequat risus vulputate sed. Nulla eu sapien condimentum nisi aliquet sodales non et diam. Duis blandit nunc semper rutrum congue. Phasellus sed lacus ut odio vehicula varius. Etiam iaculis feugiat tortor ac ornare.

Stay connected

Blog Post

Employer branding: aprenda o que é e quais os benefícios para a sua empresa
Desenvolvimento, Seleção de Executivos

Employer branding: aprenda o que é e quais os benefícios para a sua empresa 

Algumas marcas se destacam por ser o sonho de muitos profissionais. Sim, existem organizações que são consideradas diferenciadas não só pelos seus produtos, serviços, mas também pela sua cultura, o que atrai milhares de candidatos para as suas vagas.

Contudo, afinal, qual é esse diferencial que faz com algumas empresas se sobressaiam enquanto outras encontram dificuldades para o recrutamento e retenção de talentos? A resposta é o employer branding. Neste artigo será apresentado mais sobre tal conceito e seu impacto na organização!

O employer branding

O termo employer branding em tradução livre significa marca empregadora. No mundo corporativo, muito se fala sobre a importância do branding, que é uma estratégia de marca. Para isso, são trabalhadas questões como padronização da comunicação, destaque da missão, visão e valores além, é claro, do posicionamento.

Isso aumenta a percepção de valor do cliente, o que consequentemente aumenta as vendas e reduz o CAC — custo de aquisição de clientes. No caso, do employer branding o que muda é o público com o qual a empresa conversa. Nesse caso, ele é representado pelos colaboradores.

Trabalhar a marca empregadora contribui para a atração e retenção de talentos. Se a empresa desenvolve tal estratégia, ela aumenta as chances do público interno defender os mesmos valores a ele repassados.

No entanto, até chegar a esse patamar é preciso dedicação. O projeto de construção de uma employer branding deve ser pensado em longo prazo, justamente por ser algo estratégico. Logo, para que a implementação seja um sucesso é preciso compreender quais os valores sustentam o negócio.

As principais estratégias desenvolvidas para fortalecer o employer branding da empresa

Planejamento, foco e experiências. Os três pontos são primordiais para fortalecer o employer branding de uma empresa. Primeiro, é preciso se preparar e saber que a construção de uma marca forte perante o seu público interno leva algum tempo.

Portanto, no momento em que o planejamento for feito é preciso definir iniciativas compatíveis com a realidade do negócio. Ou seja, levar em consideração pontos como a viabilidade e definir indicadores que avaliem a eficácia das ações.

Outra questão é o foco. É preciso mais do que boas políticas para os colaboradores, como salários competitivos e capacitação. Portanto, foque na estratégia, esteja atento para a relação da marca e do trabalhador e engaje a liderança, só assim será possível seguir pelo mesmo caminho.

Não se esqueça também das experiências. O colaborador deve ser visto como um potencial consumidor, isso o ajudará a entender melhor como a empresa se comporta, facilitando, assim, a validação de iniciativas.

A implementação da estratégia

Para impulsionar a marca e torná-la atrativa para os colaboradores é preciso ser estratégico. Logo, a empresa deve investir em ações para conquistar os profissionais certos.

Analise o estado atual da empresa

Todo bom resultado começa com um planejamento estratégico. O primeiro passo é conhecer o que a empresa já faz e o que ela precisa fazer para atrair os profissionais certos.

Observe os investimentos em todas as áreas, qual o tipo de preocupação é mais frequente no ambiente interno, o nível de dedicação às pessoas, o modelo de gestão, as possibilidades de desenvolvimento, entre outras questões. Isso será a base para o estabelecimento da marca empregadora de sucesso.

Defina atrativos para atingir seu grupo alvo

O que a empresa tem de atrativo que ajuda a conquistar o público? É importante estabelecer os atrativos junto dos objetivos da organização. Ou seja, alinhar a meta organizacional à entrega de benefícios.

Um bom exercício é questionar qual o perfil do público-alvo interno, o que ele mais valoriza, como a empresa pode se diferenciar para retê-lo junto ao seu quadro de colaboradores.

Para os millennials, por exemplo, o equilíbrio entre a vida pessoal e profissional, o impacto positivo gerado pelo seu trabalho e a flexibilidade são tão importantes quanto um bom salário. Portanto, antes de definir valores, saiba o que é importante para a equipe.

Desenhe a estratégia

Diante de toda informação coletada, o próximo passo é desenhar a estratégia de fortalecimento da marca empregadora. O foco deve ser ligado às lacunas que desmotivam os colaboradores da empresa. Isso pode estar associado a um baixo salário, falta de plano de carreira, baixa abertura para a inovação etc. 

Por isso, é importante empregar o Employment Value Proposition (EVP), que revelará qual o diferencial de ser empregado de sua empresa e de qualquer outra organização do mercado. Além de divulgá-lo, é preciso cumpri-lo, afinal, a marca empregadora precisa ser verdadeira para atrair os profissionais certos.

Os benefícios de uma boa employer branding

Mas, afinal, o que uma organização ganha ao ter uma marca empregadora forte? Confira os benefícios a seguir!

Atração e retenção de talentos

Uma das maiores dificuldades das empresas na atualidade é atrair e reter profissionais talentosos, ou seja, aqueles colaboradores diferenciados e que ocuparão cargos estratégicos.

A cultura da marca é capaz de impactar o seu nível de atração, fazendo com que mais talentos se inscrevam para concorrer a uma das vagas oferecidas. Para isso, e necessário que esse trabalho esteja associado ao oferecimento de benefícios e também compromisso e fortalecimento com o propósito da marca.

Redução do turnover

O desligamento gera custos para empresa e isso não acontece só com a saída dos colaboradores. Treinar um novo colaborador é caro, e até que ocorra essa adaptação há um longo caminho pela frente.

Quando existe uma employer branding fortalecida, as chances de que isso aconteça são muito menores. Consequentemente, a empresa consegue manter um patamar de crescimento e dar continuidade aos projetos.

Gera atratividade para o consumidor

Sim, uma marca empregadora de sucesso também tem reflexo nas vendas para o consumidor final. A partir do momento que a imagem é impactada pela satisfação do colaborador, o cliente também consegue enxergar mais valor por causa da humanização dela. Isso o atrai, gerando receita para a organização.

Profissionais satisfeitos são um diferencial de mercado. Devido a alta competitividade, cabe às empresas manterem uma marca empregadora de alto nível a fim não só de atrair colaboradores talentosos, mas também retê-los.

Vale lembrar que um trabalhador feliz não só é mais produtivo, mas também criativo e inovador, e são justamente essas características que fazem diferença no final. Logo, saber o que é employer branding e trabalhar em cima disso é o primeiro passo.

Gostou do artigo? Então, aproveite a oportunidade e compartilhe-o nas suas redes sociais!

Related posts

Deixe uma resposta

Required fields are marked *