About Us

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit.

Aenean vulputate nisl arcu, non consequat risus vulputate sed. Nulla eu sapien condimentum nisi aliquet sodales non et diam. Duis blandit nunc semper rutrum congue. Phasellus sed lacus ut odio vehicula varius. Etiam iaculis feugiat tortor ac ornare.

Stay connected

Blog Post

Descubra a diferença entre cultura e clima organizacional
Desenvolvimento

Descubra a diferença entre cultura e clima organizacional 

Com tantas mudanças que observamos no mundo corporativo, os conceitos de cultura e clima organizacional ratificam-se como duas importantes bases para o sucesso de qualquer organização. Por isso, entender o que significam é essencial para o alcance de melhores resultados dentro e fora da companhia.

Pensando em ajudar você a compreender como gerir esses dois conceitos e promover ações que reforcem cada um deles, este artigo aborda seus significados, diferenças e vantagens. Acompanhe nas próximas linhas!

Cultura organizacional: o coração da empresa

Pode-se definir cultura organizacional como o conjunto de normas, políticas, sistemas, valores e comportamentos que sustenta uma instituição. Faz parte de um planejamento estratégico que define a interação entre todos os stakeholders.

Em outras palavras, trata-se do código de conduta da empresa, definido a partir dos propósitos e da missão organizacional — os quais devem ser fortes e permitir a construção de uma identidade que diferencie sua empresa de todas as outras.

Essas linhas de pensamento sustentam todas as práticas dentro da empresa, desde a rotina de trabalho, a estrutura hierárquica, a flexibilidade nos horários, o dress code, o home office até a capacitação profissional.

Clima organizacional: a atmosfera da empresa

O clima organizacional decorre da qualidade do ambiente corporativo e está diretamente ligado ao sentimento dos colaboradores em relação à empresa. São percepções momentâneas que ocorrem no dia a dia da organização e retratam a satisfação dos trabalhadores, tanto do ponto de vista emocional quanto material.

O clima está diretamente ligado às condições de trabalho, aspectos da carreira, estilos gerenciais e lideranças, uso de tecnologia, políticas de reconhecimento, entre outros. Nesse sentido, é importante saber que o clima organizacional muda conforme os acontecimentos dentro da empresa.

Quando o clima organizacional é ruim, o número de conflitos tende a ser maior e há menor engajamento, assim como a quantidade de erros cresce, ocasionando retrabalhos e insatisfação dos clientes. A rotatividade dos talentos também pode se elevar.

A diferença entre clima e cultura organizacional

Existe uma relação de causalidade entre esses conceitos, ou seja, ambos são fenômenos complementares, mas eles se diferenciam entre si.

A cultura origina-se nas práticas recorrentes ao longo do tempo. Portanto, é mais densa, e qualquer alteração demanda estratégias complexas e reeducação de todo a equipe, já que envolve hábitos e crenças que persistem por longos períodos.

Já o clima organizacional resulta das inúmeras variáveis culturais e de fenômenos ocorrentes. Portanto, é temporal, e ações para melhoria são de curto prazo e com alto impacto.

Tanto a cultura quanto o clima utilizam um espaço compartilhado, e ambos podem ser trabalhados simultaneamente, sem redundância. A diferença está nas abordagens, que podem partir do microambiente (no caso do clima) para o macro ambiente (no caso da cultura).

Enquanto as pesquisas de clima são quantitativas, o mapeamento da cultura organizacional tem função de diagnóstico de todos os significados do funcionamento da organização.

Por que ambos são importantes no ambiente corporativo

O capital humano de qualquer companhia tem influência direta nos resultados. Sua atuação — e inspiração — decorre da cultura e do clima organizacional. Observe 3 elementos impactados por ambos:

Otimização da comunicação interna

Se a cultura da empresa deseja equipes integradas e colaborativas, o envolvimento entre os setores deve ser trabalhado para que o clima seja saudável. Isso influencia diretamente no dinamismo da comunicação, que deve acontecer, de forma natural, por meio de mecanismos formais e informais.

Aumento da produtividade

Para que a produtividade cresça, a empresa precisa construir senso de urgência e foco nos resultados. Para tanto, precisa desenvolver um clima organizacional motivador e que faça os funcionários se sintam parte desse crescimento.

Retenção de talentos

Com o clima organizacional adequado e cultura que beneficie os colaboradores, a retenção de talentos tende a ser maior. A identificação é um elemento fundamental para maior compromisso, afinal, eles sentirão que fazem a diferença naquele ambiente, não apenas oferecendo contribuições, mas, principalmente, crescendo como profissionais e seres humanos.

Entendeu a diferença entre cultura e clima organizacional? Então, não deixe de investir em estratégias para aprimorá-los. Assim, você conseguirá importantes resultados nos negócios e juntos aos seus talentos.

Gostou deste post? Siga-nos nas redes sociais para não perder nenhum conteúdo. Estamos no Facebook, LinkedIn, Instagram e Twitter

Related posts

Deixe uma resposta

Required fields are marked *