About Us

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit.

Aenean vulputate nisl arcu, non consequat risus vulputate sed. Nulla eu sapien condimentum nisi aliquet sodales non et diam. Duis blandit nunc semper rutrum congue. Phasellus sed lacus ut odio vehicula varius. Etiam iaculis feugiat tortor ac ornare.

Stay connected

Blog Post

Aprenda a elaborar um plano de sucessão ideal para sua empresa!
Desenvolvimento

Aprenda a elaborar um plano de sucessão ideal para sua empresa! 

Sucessão é assunto sério. Todas as organizações sabem dessa importância para manter sua continuidade e assegurar um futuro estável. No entanto, muitos negócios não se preparam com antecedência em relação a esse ponto. 

O plano de sucessão deve ser feito com cuidado, pois é ele que garante a longevidade da empresa. Neste artigo, explicaremos como funciona um plano de sucessão, quais os primeiros passos para adotá-lo e a importância de ter uma liderança preparada.

O que é o plano de sucessão? 

O plano de sucessão tem como objetivo escolher profissionais para ocupar cargos-chave dentro de uma empresa. Ele consiste na organização dos critérios de continuidade do negócio. A ideia, portanto, é fazer a identificação, a fim de que o colaborador possa ser treinado e capacitado para assumir determinada posição.

Para ficar mais claro, vamos a um exemplo. Imagine que um executivo decida sair do seu posto. Logo, é fundamental ter alguém para ocupá-lo, sem que isso afete a qualidade dos serviços da organização.

Cabe ao RH fazer a cartografia de todos os postos e funções de trabalho considerados críticos e estratégicos, enumerando as necessidades e as responsabilidades de cada um. A listagem das obrigações é o que embasará a ação. 

Vale lembrar que as empresas que fazem disso um hábito conseguem ter mais estabilidade, mesmo diante de desafios futuros, impostos por um mercado em constante mutação. 

Como desenvolver esse plano?

O plano de sucessão é focado no desenvolvimento de um colaborador dentro de determinada organização. Portanto, para resolvê-lo, é preciso conhecer alguns detalhes.

Diagnosticar as necessidades da empresa 

Antes de qualquer coisa, é preciso entender as necessidades da empresa. Avaliar o contexto organizacional significa analisar o mercado em que o negócio está inserido, os principais desafios e os pontos fracos da equipe de trabalho. 

Para fazer essa avaliação, é necessário também contar com dados de mercado e refletir profundamente sobre os processos internos a fim de detectar os pontos que precisam ser melhorados.

Identificar possíveis sucessores 

Após definir as necessidades da empresa, é hora de conhecer os talentos que compõem o quadro de funcionários. Para isso, é fundamental fazer avaliações de desempenho constantemente, pois elas permitem acompanhar a evolução de cada colaborador.

Esse trabalho, porém, não deve se restringir a avaliar o desempenho do profissional, mas também considerar a sua capacidade de adaptação não só à sucessão vertical como à horizontal dentro daquela organização.

Analisar as competências técnicas e comportamentais 

Ainda focados na análise de colaboradores, é preciso ir além da avaliação de desempenho. Saiba quais competências técnicas e comportamentais ajudarão a escolher o profissional que ocupará a posição e alinhar o seu planejamento. 

Por exemplo, o sucessor de um gestor precisa ter habilidade de liderança, mas também inteligência emocional para lidar com uma equipe diversa e com diferentes atributos.

Qual a importância de desenvolver líderes no ambiente corporativo? 

Os líderes são os principais responsáveis por alinhar uma equipe. São eles também que motivam o grupo a fazer o trabalho com qualidade e produtividade. Portanto, desenvolver a liderança é um trabalho do RH que deve focar em ajudar o gestor a assumir uma atitude proativa diante da estratégia organizacional.

Os líderes desenvolvidos têm muito a agregar a uma organização. Além da capacidade de alcançar ótimos desempenhos, a empresa consegue, por meio deles, atingir o sucesso de maneira a obter um diferencial de mercado. 

Dentro do ambiente corporativo, a organização consegue transformar equipes consideradas comuns em times altamente engajados e compromissados com o avanço do negócio, porque, durante o treinamento oferecido à liderança, os indivíduos adquirem conhecimentos sobre comunicação, delegação de tarefas e produção de feedbacks, para que, assim, os colaboradores possam atender às demandas da empresa.

Um plano de sucessão ideal exige uma análise meticulosa por parte da empresa. É por meio desse estudo que ela conseguirá compreender suas necessidades e os profissionais com os atributos certos para ocupar o cargo e, dessa forma, fazer com que essa transição ocorra de maneira fluida.

Se você gostou deste artigo, continue nos acompanhando nas redes sociais e confira mais conteúdos como este. Estamos no Facebook, Instagram, LinkedIn e Twitter!

Related posts

Deixe uma resposta

Required fields are marked *